dor de barriga na gravidez

Dor de barriga na gravidez – Saiba como evitar

Mamães sofrem com dor de barriga na gravidez

Nos primeiros meses da gestação as mamães ficam com vários sintomas diferentes, os hábitos mudam, e a fisiologia do corpo feminino se transforma para receber o novo serzinho que está sendo gerado por esse motivo temos varias dores em lugares distintos dentre elas, uma dor de barriga que as mamães se queixam com seus médicos, cólicas, essas dores são recorrente da formação do feto dentro do útero, que só recebe esse nome a partir do terceiro mês. Com o crescimento do feto os órgãos são apertados sendo normal esses sintomas, para cuidar melhor, nessas situações as gestantes devem estar bem atentas, tentar mudar as posições de seu corpo, inclinando de um lado para outro, grande parte das gestantes sofre de dor de barriga na gravidez.

Como evitar a dor de barriga na gravidez

Os médicos recomendam alguns cuidados, evitar alimentos que dificultem o funcionamento do intestino, uma vez que este vai estar mais apertado pela formação do bebê, ingerir alimentos que facilitem o transito digestivo, alimentos ricos em água, fibras e com alto índice de vitaminas, outra dor de barriga na gravidez que também é muito ouvida nos consultórios é aquela que dar no pé da barriga ou baixo ventre, decorrente do aperto que o bebe causa nos órgãos.
Quando a gestante está com diarreia recomenda-se não ingerir absolutamente nada que o médico não tenha prescrito, então uma boa alternativa é a medicina natural, remédio caseiro para dor de barriga, como o chá de camomila, é uma opção boa pois além de conter elementos anti-inflamatórios é também tranquilizante, outro fator que deve ser observado é que tudo que é ingerido pela mãe é absorvido pelo baby na placenta, por isso só se deve tomar elementos naturais, probióticos naturais, nunca em hipótese nenhuma, deve-se tomar remédios que prendam as fezes, pois as mesmas podem contaminar o bebe.

Se a dor de barriga na gravidez persistir

Caso essa dor de barriga na gravidez, seja seguida de diarreia ou de muitos dias de prisão de ventre, acompanhada de febre alta, com vômitos, é necessário um diagnostico mais preciso, para preservação da vida tanto da mãe quanto do feto, não custa nada pedir ao seu médico especialista que verifique essa dor de barriga, para verificar as contrações do útero, se existem vermes, o volume de gases na região, se existem infecções uterinas, se tem pedras nos canais urinários, todo cuidado e preventivo garantem que a mamãe se sinta mais segura e aprenda a conhecer seu corpo e do seu bebê que está em desenvolvimento.

Confira o 10 alimentos perigosos para gestantes.

Leave a Comment